skip to Main Content

Urticária e Angioedema: conheça as causas

Estima-se que 15%a 20% da população pode apresentar urticária em algum momento da vida. A condição é caracterizada por lesões avermelhadas e/ou vergões que se parecem com picadas de inseto (urticas).

Normalmente, as lesões da urticária podem surgir em tamanhos e locais variados no corpo, causando coceira intensa. Siga com a leitura e entenda melhor as causas da urticária.

AngioedemaO que é urticária

Chama-se de Urticária um grande espectro de doenças. Todas caracterizadas pelo aparecimento brusco e intermitente de lesões na pele tipo manchas avermelhadas, por vezes elevadas (com edema), localizadas em múltiplas áreas.

Por vezes também, acompanhadas de inchaços das mãos, pés, rosto e/ou faringe ou laringe, que chamamos de Angioedema. Estes, podem se transformar numa urgência médica pelo risco de oclusão das vias aéreas superiores e consequente afogamento.

Causas da urticária

urticária sintomas

Algumas urticárias são associadas com alergias, geralmente alimentares. No entanto, outras podem estar associadas com doenças autoimunes, autoinflamatórias, imunodismodulação, imunodeficiencias ou até neoplasias.

Ainda assim, a grande maioria delas está associada com alterações no Sistema Imunológico provocadas por medicamentos comumente usados para dor ou febre, como DipironaAspirinas e Anti-inflamatórios Não Esteroides. Atualmente, melhor conhecida como Intolerancia aos analgésicos.

Quando assim provocadas, as erupções são “disparadas” pelo que chamamos de “fatores gatilho”. Tais como aditivos de alimentos e outros medicamentos ou ainda estresse físico ou emocional. Estes “fatores gatilho” podem, então, disparar as erupções sem ser a causa básica do problema.

Dermografismo: sinal de urticária

Dermografismo

O Dermografismo ou Dermatografismo não é doença, ainda que muitos o definam como tal. Ele é mais um sinal de Urticária que vai embora junto com ela quando tratada eficientemente.

Embora a indústria farmacêutica insista em difundir entre médicos e pacientes que toda urticária é idiopática (de causa desconhecida) e inexoravelmente crônica e espontânea, a grande maioria dos casos não corresponde a esta definição.

A resolução de todo quadro de urticária exige um estudo pormenorizado do estado imunológico do paciente, o afastamento temporal dos “fatores gatilho” e quando possível a resolução da causa básica.

 

 

Dr. Javier Ricardo Carbajal Lizárraga.
CRM 92607. RQE 21798
Especialista em Alergia e Imunologia.

Gostou do texto? Compartilhe com seus amigos!
Back To Top
Search