skip to Main Content

12 de Novembro Dia Mundial de luta contra a Pneumonia

Pneumonia é a infecção dos pulmões que pode ser desde leve até fatal, e atinge pessoas de todas as idades. Os sinais comuns de pneumonia podem incluir tosse, febre e dificuldade para respirar. Ela afeta milhões de pessoas no mundo todos os anos. O dia 12 de novembro marca o dia mundial do combate à Pneumonia, data promovida para a sensibilização em relação à infecção como um motivo de preocupação de saúde pública global para pessoas de todas as idades.
Em todo o mundo, a pneumonia leva a vida de mais crianças do que qualquer outra doença. A Pneumonia provoca mais mortes infantis do que a AIDS, malária e tuberculose juntas. Em 2015 a pneumonia foi responsável por 15 por cento de todas as mortes de crianças menores de cinco anos totalizando 920.000 crianças. A maioria das vítimas são menores de 2 anos de idade.
A pneumonia é também uma das principais causas infecciosas de hospitalização e morte entre os adultos.
Certas pessoas são mais propensos a pegar uma pneumonia:
▪ Adultos acima de 65 anos ou mais velhos,
▪ Crianças menores de 5 anos de idade,
▪ Pessoas que têm condições médicas Crônicas (asma, diabetes, doença cardíaca, doenças autoimunes, imunodeficiências, neoplasias, etc.),
▪ Pessoas que fumam, etc.
Pneumonia muitas vezes pode ser prevenida, medidas simples podem salvar a vida de crianças e adultos, o seu diagnóstico não é difícil e geralmente pode ser tratada.
Todos podem ajudar a prevenir infecções respiratórias:
▪ Fique longe das pessoas que estão doentes. Se você está doente, afaste os outros tanto quanto possível para evitar que eles fiquem doentes.
▪ Lave as mãos regularmente,
▪ Limpe as superfícies que são muito manuseadas,
▪ Tussa ou espirre sobre um tecido ou papel (lenço),
▪ Limite a exposição à fumaças,
▪ Cuide das suas condições crônicas de saúde,
▪ Incentive os amigos e entes queridos com ditas condições de saúde para se vacinar.
A prevenção de futuras mortes por pneumonia depende da vacinação contra alguns dos patógenos que causam pneumonia, o diagnóstico e o tratamento adequado:
▪ A vacina para Haemophilus influenzae tipo b (Hib) e as vacinas Pneumocócicas Conjugadas (PCV) são eficazes na prevenção das duas causas bacterianas mais comuns de pneumonia.
▪ Com treinamento e suporte adequado, trabalhadores comunitários de saúde podem efetivamente diagnosticar uma pneumonia na comunidade e aumentar o acesso aos cuidados de alta qualidade.
▪ Oximetria de pulso é um método econômico, preciso e constitui o padrão mais aceito para detectar hipoxemia (falta de oxigeno no sangue), uma complicação muitas vezes fatal da pneumonia, identificando 20 a 30% mais casos do que o exame clínico sozinho.
▪ Tratamento antibiótico também é fundamental na prevenção de mortes por pneumonia. Novas diretrizes de tratamento para pneumonia recomendam menores cursos de antibióticos do que o geralmente prescrito, o que garante tratamento seguro e eficaz, limitando o desenvolvimento da resistência ao antibiótico.
Pneumonias de repetição, duas ou mais por ano, e aquelas que não respondem aos antibióticos de uso comum devem fazer pensar na possibilidade de Imunodeficiência e a necessidade de avaliação imunológica especializada.

Dr. Javier Ricardo Carbajal Lizárraga.
Especialista em Alergia e Imunologia
para adultos e crianças. RQE 21798.
CRM/SP 92607

Gostou do texto? Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Back To Top
Search